Igreja SUD Mundial

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, com sede na cidade de Salt Lake, USA, tem cerca de 12 milhões de membros. Mais da metade dos membros moram fora dos Estados Unidos.

Neste Blog estou aqui para dá nóticias de todos os lugares da Igreja Sud e tornar este Blog o seu kantinho para todos os leitores.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

O Livro de Mórmon Presta Testemunho de Cristo 2a. parte

Expandir a Visão, Aumentar o Entendimento

“[Os] ensinamentos do Livro de Mórmon expandem nossa visão e ampliam nosso entendimento do amor de Deus, que abrange a todos, e do efeito universal de Sua Expiação por todos os homens, em todos os lugares”, declara o Élder Dallin H. Oaks do Quórum dos Doze Apóstolos. “O Livro de Mórmon surgiu para lembrar-nos dos convênios do Senhor, para convencer todos de que ‘Jesus é o Cristo, o Deus eterno, que Se manifesta a todas as nações’.”
O Élder Richard G. Scott do Quórum dos Doze Apóstolos diz que um testemunho do Livro de Mórmon leva a um testemunho do Salvador e de Sua obra. “Deve haver uma explicação para esse livro que está em suas mãos. Sei que você pode receber uma confirmação espiritual de que ele é verdadeiro. Você então saberá que Jesus Cristo vive, que Joseph Smith foi e é um profeta, e que A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é a Igreja do Senhor. Você terá a confirmação de que o Salvador guia Sua Igreja por meio de um profeta vivo.” Esse conhecimento, diz ele, será o alicerce de uma vida produtiva.

Convidar Todos a Virem a Cristo

O Livro de Mórmon oferece um porto seguro contra o desespero, ensina o Élder Jeffrey R. Holland, do Quórum dos Doze Apóstolos, por meio do “poder de Cristo para combater todos os problemas em todas as épocas (…) Essa é a mensagem com a qual o Livro de Mórmon começa e também termina, chamando todos para ‘[vir] a Cristo [e ser] aperfeiçoados nele’”. Para recebermos a “plenitude de paz e consolo”, diz ele, precisamos aceitar “a origem divina do Livro de Mórmon e o Senhor Jesus Cristo, de Quem o livro presta testemunho”.
“O Livro de Mórmon é o mais correto de todos os livros do mundo porque se centraliza na Verdade, sim, em Jesus Cristo”, diz o Élder David A. Bednar do Quórum dos Doze Apóstolos. “O Livro de Mórmon fala ao espírito e ao coração do leitor como nenhum outro livro de escrituras.”
“Se ainda não leram o Livro de Mórmon, leiam-no”, insta-nos o Presidente Thomas S. Monson. “Se fizerem isso em espírito de oração e com sincero desejo de conhecer a verdade, o Espírito Santo vai manifestar a veracidade do Livro de Mórmon a vocês.”

Fonte: http://lds.org

quarta-feira, 20 de julho de 2011

DIA DO AMIGO - 20 de Junho



Simplesmente amizade


"Amizade não se explica! Amigos sempre sabem quando serão amigos Pois compartilha momentos juntos... dão forças! Estão sempre lado a lado! Nas conquistas... e nas derrotas! Nas horas boas... e nas difíceis! Amizade nem sempre é pensar do mesmo jeito! Mas abrir mão... de vez em quando! Amizade é como ter um irmão... que não mora na mesma casa É compartilhar segredos... emoções! É compreensão... é diversão É contar com alguém... sempre que precisar É ter algo em comum! É saber que se tem mais em comum do se imagina! É sentir saudade! É querer dar um tempo! É dar preferência É bater um ciúme Amizade que é amizade nunca acaba Mesmo que a gente cresça E apareçam outras pessoas no nosso caminho Porque amizade não se explica Ela simplesmente existe!"
Muito obrigada por sua amizade.

segunda-feira, 18 de julho de 2011

O Livro de Mórmon Presta Testemunho de Cristo






Jesus Cristo vive. Sua Expiação abençoa todas as pessoas. Esses são os temas centrais do Livro de Mórmon, de acordo com os profetas e apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, que prestam testemunho da divindade do livro. Eles prometem que todos os que lerem essa escritura “com um coração sincero e com real intenção” receberão um testemunho de que o Salvador vive e que Sua Expiação se aplica a eles (ver Morôni 10:3–5).
“O propósito principal do Livro de Mórmon é seu testamento de Jesus Cristo”, diz o Presidente Boyd K. Packer do Quórum dos Doze Apóstolos. “Em mais de 6.000 versículos do Livro de Mórmon, muito mais da metade refere-se diretamente a Ele.” Ao descrever sua primeira leitura do Livro de Mórmon de capa a capa, ele diz: “Foi um acontecimento que mudou minha vida. Depois disso, jamais deixei o livro de lado”.

Verdades Claras·e Preciosas

O Livro de Mórmon “transmite-nos verdades claras e preciosas do evangelho”, diz o Élder L. Tom Perry do Quórum dos Doze Apóstolos. Em suas páginas aprendemos a respeito da “realidade da divindade de Jesus Cristo e Seu sacrifício expiatório por toda a humanidade”.
Em todos os escritos do Livro de Mórmon há um propósito que devemos enfocar em nosso estudo, ensina o Élder Russell M. Nelson do Quórum dos Doze Apóstolos. “o estudo do Livro de Mórmon é mais recompensador quando enfocamos seu principal propósito: Prestar testemunho de Jesus Cristo”. Ele nos lembra de que o Livro de Mórmon é “o único livro que o próprio Senhor testificou ser verdadeiro”, e que podemos receber nosso próprio testemunho de sua divindade quando o estudarmos em espírito de oração. “Ele os levará para mais perto do Senhor Jesus Cristo e de Seu amoroso poder”, diz ele. “[O Senhor] prometeu que aqueles que viverem de acordo com os preceitos desse livro ‘receberão uma coroa de vida eterna’”.

sábado, 9 de julho de 2011

Foi extinta a MISSÃO PORTUGAL – PORTO


http://noticias.gospelmais.com.br/files/2011/04/missionarios-mormons.jpg

Com o final do mês de junho terminou a acção da Missão Portugal – Porto a qual foi fundida, a partir do dia 1 de julho de 2011, com a Missão Portugal – Lisboa dando origem a uma única missão em Portugal, tal como acontecia no período em que a Igreja se implantou neste país, em 1974.
O Presidente Moroni Torgan, que tem liderado a Missão Portugal – Lisboa, de há dois anos a esta parte, é agora o responsável pela nova estrutura.
O Presidente Charles Wesley Walton e sua esposa Lizabeth Wood Walton que lideravam a missão que foi extinta, depois de alguns dias passados nos Estados Unidos, seu país natal, viajarão para Angola onde irão servir ajudando no crescimento da Igreja daquele país.
Do Brasil para Angola seguirá também um outro casal missionário, Alice e Wanderlei, professores aposentados que já serviram também uma missão em Moçambique.
Com estes dois casais com grande experiência de serviço, a pujante Angola ganhará muito, especialmente ao nível da formação das suas lideranças e no desenvolvimento da Igreja local.

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Quem falou que na China não tinha Igreja Sud?

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e a China

Na China, a Igreja SUD está preparando o terreno para uma época memorável da igreja, quando os missionários de proselitismo serão juridicamente aceitos. O desenvolvimento da Igreja na China trará importantes implicações para o crescimento global da Igreja.

Desafios da Igreja Mórmon na China

Na China, a Igreja SUD enfrenta as barreiras ideológicas impostas pelo governo para implantação da igreja no país. Apesar de em Hong Kong a Igreja SUD ser muito bem estabelecida, com uma missão de proselitismo ativa, 32 congregações, e um templo, na China é totalmente diferente: enquanto milhares assistem os cultos regulares em circunstâncias especiais, os esforços missionários são muito limitados resumindo-se em apenas um pequeno grupo de voluntários não proselitistas. A Igreja e a Brigham Young University criaram uma relação com várias instituições acadêmicas chinesas promovendo um intercâmbio educacional, promovendo a formação de jovens embaixadores e grupos de dança folclórica, bem como a reputação da BYU quanto seus programas de formação linguística sofisticada do mandarim e outros dialetos. A Igreja SUD também publicou uma tradução do Livro de Mórmon e outras publicações em chinês simplificado, o mais usado na China. Autoridades chinesas que participaram da Conferência Anual Internacional de Direito e Religião em Utah todo ano, plantaram uma semente para que o governo chinês compreendam a importância da liberalização suas leis para permitir o proselitismo religioso através dos missionários. Outra interessante interação com os chineses foi BYU-Havaí, onde dezenas de estudantes chineses familiarizaram-se com a Igreja. Depois que as fronteiras da China forem totalmente abertas para o ensino missionário, a Igreja vai exigir enormes recursos para gerir as suas operações ali e, necessariamente, contar com os esforços dos membros locais devido a dimensão do país.
Embora a maioria das pessoas que assistem às reuniões da Igreja Mórmon na China sejam estrangeiras (ou titulares de passaportes estrangeiros), existem milhares de cidadãos chineses que também assistem às reuniões da Igreja - a maioria restrita a participar de pequenos serviços de adoração. Em Xangai, dois ramos realizam suas reuniões de domingo no centro de conferências de um complexo executivo. Há também unidades da igreja onde a frequencia consiste de cidadãos chineses que se juntaram à Igreja no exterior, em lugares como Toronto e Los Angeles, e voltaram para a China com o desejo de exercer a sua fé nas congregações. Estas congregações mórmons são acompanhadas de perto pelo Gabinete dos Assuntos Religiosos Chinês.
A Igreja começou a receber mais controle do governo da China devido à nomeação pelo presidente Barack Obama de um mórmon com ampla experiência em chinês e que também é fluente em mandarim, para servir como Embaixador dos EUA na China. (Jon M. Huntsman Jr.) É provável que haja mais interesse da Igreja SUD entre a elite política em Pequim e em toda a China.
Já há alguns missionários da China Continental servindo no mundo. Esta é a preparação do terreno para um tremendo esforço missionário que será exigido na China.
Élder Dallin H. Oaks, em 1991, fez um discurso sobre a Igreja SUD e a China na qual afirmou que "a China já está aberta", nós é que estamos fechados. Estamos fechados porque esperamos que o Oriente deva ser como Ocidente, a China deve ser o mesmo que Canadá ou Chile. Nós devemos abrir nossas mentes e corações para o povo deste reino antigo e esta cultura magnífica. "Acredito que isso já está acontecendo - a Igreja Mórmon está certamente a fazer progressos no caminho longo para florescer na China. O futuro da Igreja no país mais populoso do mundo parece promissor.

Implicações e futuro da Igreja Mórmon na China
Embora a China coloque desafios muito diferentes para a Igreja SUD, a oportunidade da Igreja para o crescimento é tremendo e a visibilidade é muito forte. A China oferece à Igreja possibilidades quase ilimitadas em termos de compartilhar o evangelho restaurado. Como a Igreja continua a crescer nesta era da globalização, face das mudanças da Igreja como instituição, se torna uma verdadeira religião global. Assistir o desenvolvimento da Igreja Mórmon nesta região é extremamente inspirador.
Em breve teremos brasileiros, americanos, europeus, e missionários de todo mundo partindo para a China e pregando o evangelho - Essa época está chegando e será gloriosa. 


segunda-feira, 4 de julho de 2011

Serão com o Presidente e a Sister Bezerra.

Estaca Fortaleza Benfica

Chegaram neste final de semana do Rio de Janeiro, o Presidente Kaule Bezerra e sua esposa, sister Ana Rosa e sua família. Os mesmos estavam em Missão Brasil - Rio de Janeiro. Retornaram para Fortaleza, neste final de semana, onde fizeram uma bela missão.
No dia 03 às 19h30min, na Sede da Estaca Fortaleza Benfica, houve um Serão onde os mesmo contaram as suas experiências com os Missionários, onde viveram momentos especiais que passaram na missão RJ.
A sister Ana e o Presidente Kaule, contaram tudo sobre a missão e as bençãos que receberam. A Sister Ana discursou e se emocionou a lembrar de momentos inesquecivéis. Presidente Kaule, contou vários episódios dos missionários, e depois um filme relatando todos os misssionários e os batismos relaizados.
Muito Edificante!
Estavam presentes o Presidente Cintra da Estaca Fortaleza Benfica, primeiro Conselheiro, Presidente Lopes e o segundo conselheiro Presidente Teixeira, como também o Elder Mosart Soares do quorum dos Setenta. O mesmo estava acompanhado se sua esposa a sister Roxana.
Como primeiro orador, foi o filho do Presidente Kaule, Caio, onde fez missão em Portugal, na Ilha dos Açores, como tabém sua filha e seu filho mais novo que diz já está a se preparar para a missão.
Uma família muito Especial!

D&C: 63-1
 1 ESCUTAI, ó povo, e abri o coração e de longe ouvi; e escutai, vós que vos chamais povo do Senhor; e ouvi a palavra do Senhor e sua vontade a respeito de vós.

D&C 71:1.
 1 EIS que assim vos diz o Senhor, meus servos Joseph Smith Júnior e Sidney Rigdon, que em verdade é chegada a hora em que me é necessário e conveniente que abrais a boca para proclamar meu evangelho e as coisas do reino, expondo seus mistérios pelas escrituras,  conforme a porção do Espírito e do poder que vos será dada, sim, segundo minha vontade.

   

sábado, 2 de julho de 2011

Podemos Encontrar a Felicidade

http://2.bp.blogspot.com/_kqvyJLDcrjc/SwCmmmz1YCI/AAAAAAAAADA/Abfr5SIhdXo/s320/blog+velha.jpg Seguir o plano de Deus para nós é a maneira mais segura de encontrar felicidade agora e na eternidade.

Com frequência caímos na armadilha de pensar que um carro novo, uma promoção no trabalho, uma cirurgia estética ou a fama nos farão felizes. E elas nos fazem — por um tempo. Mas isso nunca dura porque a riqueza, o poder, a beleza e a fama não trazem felicidade duradoura, como gostaríamos que trouxessem.

Felicidade Verdadeira

Ao contrário, a verdadeira felicidade vem por seguirmos o exemplo de Cristo e desenvolvermos os atributos cristãos como bondade, amor, justiça e misericórdia. Vem por servirmos aos outros e ajudá-los a seguir o exemplo e os ensinamentos de Jesus Cristo. Vem por sobrepujarmos os apetites do corpo humano e seguirmos os sussurros do Espírito. Vem por trabalharmos arduamente e termos um estilo de vida saudável, amigos, família e realizações pessoais.

Independentemente do que você faça ou deixe de fazer nesta vida, sua mais profunda e duradoura felicidade resulta de seu conhecimento do plano de Deus e de sua decisão de segui-lo. Um profeta antigo expressou-se desta forma:
“Quisera que considerásseis o estado abençoado e feliz daqueles que guardam os mandamentos de Deus. Pois eis que são abençoados em todas as coisas, tanto materiais como espirituais; e se eles se conservarem fiéis até o fim, serão recebidos no céu, para que assim possam habitar com Deus em um estado de felicidade sem fim.”